quarta-feira, junho 23, 2021

Vico avalia calendário e acredita que temporada será mais puxada: “Temos que manter a rotina”

Com a eliminação na semifinal da Copa do Nordeste, o calendário do Vitória ficou mais folgado, mas isso não significa, necessariamente, que o ritmo de jogos foi aliviado, afinal a equipe cumpre duas rodadas atrasadas do Campeonato Baiano.

Vico em treino do Vitória — Foto: Letícia Martins / EC Vitória / Divulgação

Vico em treino do Vitória — Foto: Letícia Martins / EC Vitória / Divulgação

Na última quarta-feira, o Vitória recebeu o Vitória da Conquista e fez o dever de casa: venceu por 2 a 0. Neste domingo, o adversário será a Jacuipense.

É o reflexo de uma temporada atípica, que praticamente não teve intervalo após o fim das competições em 2020.

Para o atacante Vico, que concedeu entrevista na manhã desta sexta-feira, a temporada 2021 será mais puxada do que o habitual.

– Creio que prejudicou um pouquinho todo mundo. Estávamos acostumados a ter um recesso de 30 dias, tivemos só de sete, mas sabemos que teria que ser dessa forma. Quando dá para poupar, o treinador tem poupado. Creio que vai ser dessa forma. Esse ano vai ser mais puxado, temos que manter a rotina. Quando tiver tempo para folgar tem que folgar e recuperar a forma física – afirmou.

Estou bem fisicamente. Por mais que a gente emendou uma temporada na outra, praticamente, me sinto no meu melhor momento. Tive algumas lesões que me tiraram algum tempo, mas estou conseguindo chegar no meu nível bom de novo – disse Vico.

Dos 19 jogos que o Vitória fez na atual temporada, Vico esteve campo em 14, todos como titular.

Ele é peça importante no sistema ofensivo de Rodrigo Chagas, ao lado de David e Samuel, jovens que ele elogia e acredita que terão um belo futuro no futebol.

– Tento ajudar ao máximo os meninos que têm subido. O pouco tempo que estou no futebol, tenho uma certa experiência, uma bagagem. Querendo ou não, a gente tem uma visão de jogo um pouco diferente. Tento ajudar eles tanto dentro de campo quanto fora de campo. Quando fazem uma boa partida, não deixar subir para a cabeça. Pedrinho vinha numa sequência muito boa, tem tudo para ter um sucesso brilhante, não deixar que o extracampo venha a atrapalhar. São garotos que têm tudo para chegar numa Série A, chegar até jogar na Europa. O que puder contribuir para que eles cheguem lá, vai ser muito gratificante olhar e saber que fiz parte da história deles – afirmou.

A partida entre Vitória e Jacuipense, válida pela 4ª rodada do Campeonato Baiano, está marcada para 16h (horário de Brasília), no Barradão.

Confira outros trechos da entrevista de Vico.

O que aconteceu que não fica o jogo todo em campo?
Acho que se ficar em campo ou não, isso quem determina é o treinador. Quando ele faz as mudanças é em prol do grupo. Todas as vezes que saí, creio que não foi fisicamente, mas por opção do treinador para deixar o jogo fluir melhor, não sei. Isso é opção do treinador

Entrosamento no ataque
Ano passado, graças a Deus, conseguimos fazer um bom campeonato. Eu, Léo Ceará e Alisson. Dois bons jogadores, não à toa que o Léo Ceará conseguiu ser vendido. Agora com David e Samuel, são dois jogadores jovens, mas que também têm boa rodagem. Eles têm se destacado, Samuel sendo o artilheiro do nosso time hoje. Creio que só tem a fortalecer o grupo e quem está jogando

Cobrança de faltas
É algo que gosto muito, treino bastante. Acredito que cada vez mais que for treinando e evoluindo, tende a melhorar cada vez mais

Diferença do elenco para a Série B
O elenco agora é um pouco mais jovem. Mas é um grupo que está querendo bastante, tem se dedicado, dado o máximo. Vai juntar um pouco da experiência que ficou e um pouco da juventude

- Advertisment -

Mais lidas

Guto justifica ausência de Felipe Vizeu no Ceará: “Existe uma ordem médica”

Após o empate com o Internacional, o técnico do Ceará, Guto Ferreira, justificou a ausência do atacante Felipe Vizeu entre os relacionados...

De quase emprestado a solução, André ressurge no Fluminense: “Soube esperar meu momento”

Desde o ano passado, a torcida do Fluminense se acostumou a ter em Martinelli e Yago a sua dupla de volantes titulares. Mas quando...

VC Escala: ajude Crespo a montar o São Paulo, que pode ter nove desfalques contra o Cuiabá

O técnico Hernán Crespo novamente terá inúmeros problemas para escalar o São Paulo. Nesta quarta-feira, às 19h, diante do Cuiabá, no Morumbi, o...

Intensidade, entrega e jogo ofensivo: os planos de Diego Aguirre para o Inter

Diego Aguirre abre os trabalhos de sua segunda era pelo Inter às 10h desta terça-feira, quando comanda o primeiro treino com o...